• É normal um jovem, até 20 anos de idade, perder cerca de 100 fios de cabelo por dia. Entre 20 e 35 anos, 50 fios se soltam diariamente sem lesar a cabeleira. Para adultos até 50 anos, perder 25 fios por dia não faz diferença.
  • Uma das principais causas da calvície é a hereditariedade. Se você é filho, sobrinho ou neto de um dos 35 milhões de carecas brasileiros, pode coçar a cabeça, pois a calvície é determinada por um par de genes, um do pai, outro da mãe. No homem, basta apenas um dos genes indicar a calvície para nascer um carequinha. Na mulher é preciso que os dois genes sejam da calvície para que o problema se manifeste.
  • O senador Esperidião Amin tem uma alopecia total, resultado de uma doença infecciosa que teve aos 13 anos.
  • Há décadas se descobriu que o principal componente da “fábrica” de cabelos é o folículo piloso, conhecido como raiz. A partir do quinto mês de vida, estão todos prontos para produzir 12 quilômetros de cabelos por ano.
  • A alimentação influi: quando saudável e equilibrada, é benéfica para todas as células do organismo, inclusive para as produtoras de cabelo. Pessoas subnutridas têm tendência a cabelos fracos e maior propensão à calvície.
  • Doenças em outras partes do organismo, como sífilis, distúrbios hormonais e na glândula tireóide, também podem provocar quedas de cabelos.